Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da forma como leio o mundo

Da forma como leio o mundo

05
Out18

Ter um blog sem perceber nada disto

Bárbara

A minha dificuldade em ter um blog é saber como isto funciona. "Sou a trapalhona", deveria ser o título do blog. A escrita é mais lenta e tropeça na velocidade do pensamento. A crença de que sou boa escritora ficou no 4º ano, bem lá atrás, nas palavras de uma imbecil de uma professora. Escrevo aqui para evitar gritar ao mundo, pois tendo andar no anonimato, mas o mais engraçado é que até publicar se torna confuso. Quero seguir quem me segue e não consigo, para responder aos comentários quase que preciso de uma formação certificada. A minha ignorância tecnológica tem uma explicação cerebral, tal como a minha desorientação espacial, dificuldade em tudo o que implique bricolage e até interação social. Talvez seja mesmo asperger, para além de boa pessoa. A falta de rede social, a ausência de pessoas para partilhar informação sem filtro, fez-me chegar aqui, para que de uma forma crua, sem filtro, na esperança de que ninguém me conheça, verborrear todo o tédio que é a minha vida. Claro que, preferia o glamour de umas viagens, fotos de família, ou narrar como perdi 30 kg, que bem precisava, mas não é apenas este tédio morno. Pronto, isto para dizer que gostava de seguir, quem me adicionou aos favoritos, mas preciso de duas semanas para chegar ao processo e não tenho esse tempo.

Gostava também de partilhar, antes de iniciar o trabalho, que me sinto novamente em modo solitário, por um lado, um alívio imendo, pr outro, uma necessidade de finitude vida.

Bom feriado!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D