Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Da forma como leio o mundo

Da forma como leio o mundo

19
Jun18

Quero uma mãe que deixe saudade

Bárbara

Hoje, acordei a pensar nisso... E de coração partido, pois amo quem tenho, mas não me recordo quando me deixou de amar, nem sei se alguma vez me amou. Apenas queria sentir aquela sensação de me saber bem estar com ela, que ela me escutasse, mas com atenção, me elogiasse, me esperasse sem ser na cobrança. Aquele dar sufocado, que parece ter sempre um objetivo. Aquele olhar crítico, com palavras ambivalentes, humores rápidos e contraditórios, com choros compulsivos e sem procurar solução. Odeio o natal, tantas vezes a vi a chorar, ou a partir copos. Quero mesmo uma mãe que me deixe saudade e nãoo uma saudade angustiada, do amor que não conheci e que me fez sentir medo de ser mãe, tal o sofrimento que sempre pensei que lhe causava. Preciso de uma mãe a quem cuidar e que me ame por tal e nãoque me trate deste modo e me cobre e me critique.

Só preciso de uma mãe como as outras...

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D