Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Da forma como leio o mundo

Da forma como leio o mundo

23
Mai18

eu acredito!

Bárbara

O que quero mesmo ao acordar?
Quero fazer de conta uma e outra vez, até acreditar e passar a agir…
Quero descobrir a fé pela vontade na mudança, até perceber o rosa no céu como um amanhecer vivo de calor…
Quero ver as pessoas num movimento coletivo de quem acredita num nós, ignorando o eu…
Quero descobrir no passado uma aprendizagem calma, no presente uma vivência de afetos e no futuro uma esperança da alma…
Quero perceber objetivos altruístas em gestos espontâneos e calculados…
Quero ver valores em cada pedra da calçada, em cada inspirar e expirar, em cada movimento do olhar…
Quero confiar no despertar, que a minha crença infantil não é vapor da imaginação, perdida na ingenuidade da emoção…
Quero acreditar em ti, com quem me cruzo, sem te olhar e sem te ver, mas quero acreditar!
Quero acreditar, preciso acreditar, tenho que acreditar… Perco a essência se banir a crença no meu ser… Eu ainda acredito!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D